Playlist: Festival Radioca

festival radioca

festival radioca

Não só de carnaval e festas de camisa colorida vive o soteropolitano! Vem aí o I Festival Radioca trazendo os nomes mais quentes da cena musical independente nacional e baiana.

Agosto começa de um jeito especial em Salvador! Os dois primeiros dias do também conhecido como mês 08 serão de muita música. Sei que isso pode soar estranho, isso porque Salvador encarna para todo o Brasil o espírito musical do país. Afinal de contas aqui é a terra do axé, do pagode e também do arrocha, embora sua certidão de nascimento tenha sido feita em Candeias. Festivais de música de pagode, as famosas festas de camisa colorida, o também consagrado Mundo do Arrocha e grandes eventos com as estrelas de axé ocorram o ano todo ou tenham uma edição anual. Mas para o público carente de eventos musicais que nadem contra essa corrente musical a notícia é surpreendente! A primeira edição do Festival Radioca traz para a capital baiana nomes da música nacional e baiana que correm por fora do circuito comercial.

Temos muito a festejar com a realização do festival que acontecerá no Trapiche Barnabé no bairro do Comércio e que, além dos shows, terá “food trucks, Feira do Vinil, Mercadilho, atividades de formação e outras atrações” segundo a página do evento. Além de ter o estímulo de curtir o som das bandas que se apresentaram, há também a vontade de satisfazer a curiosidade do que seja food trucks, mercadilho e quais serão as atividades de formação e as tais outras atrações que farão parte do evento. De antemão sabemos que será mais que curtir os shows, teremos a oportunidade de conhecer novidades relacionadas à cultura.

O crédito da realização do festival deve ser dado a Carol Morena através da Tropicasa Produções, além claro do programa de rádio Radioca que vai ao ar pela Educadora FM 107,5 todos os domingos às 19:00. A curadoria é de responsabilidade de nomes conhecidos da música baiana: Robertinho Barreto (guitarrista da Baiana System), Ronei Jorge (Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta) e Luciano Matos (site El Cabong). O trio compõe a equipe de produção e apresentação do programa. Os apoios culturais para realização do festival são: site El Cabong, Prefeitura Municipal de Salvador, SALTUR, TVE, Instituto de Rádiodifusão da Bahia – IRDEB, AG arquitetura, Hotel Sol Victoria Marina e Trapiche Barnabé. O patrocínio ficou por conta da Natura Musical e do Governo do Estado da Bahia por meio do Fazcultura.

Para você ficar por dentro do som das atrações fizemos uma playlist dedicada ao Festival Radioca. A playlist é formada por quatorze músicas, duas de cada banda. Faltaram músicas da Mulheres Que Só Dizem Sim, isso porque a playlist foi construída com músicas disponibilizadas através dos perfis das bandas no Soundcloud. Como as Mulheres não tem perfil nessa plataforma de streaming ficou de fora da lista. Vamos começar falando dessa banda então. Mulheres Que Só Dizem Sim é uma banda carioca formada nos anos 90. O som da banda pode ser considerado experimental na medida que combina diferentes sonoridades. Temos a presença de elementos do samba-rock, da bossa nova, do indie e do jazz. Embora estejam na estrada há mais de vinte anos lançaram apenas um álbum que leva o nome da banda e que foi lançado em 1994. A banda se apresenta no dia 2 de agosto.

O primeiro dia de festival (também primeiro dia de agosto) terá os cearenses da Cidadão Instigado, os gaúchos da Apanhador Só e os baianos da I.F.Á Afrobeat e da Pirombeira. A Cidadão Instigado chega ao festival trazendo a turnê do seu novo álbum, Fortaleza, lançado no primeiro semestre de 2015. A banda tá na ativa desde os anos 90 e Fortaleza é seu quarto álbum. O rock da banda é composto por influência do regionalismo nordestino, bem como do brega. A banda também é famosa pelos covers do Pink Floyd que fazem em seus shows. Confira aqui a performance da banda tocando Brain Damage.

Já a Apanhador Só faz parte da safra recente do rock brasileiro. Formada em 2005 a banda lançou seu primeiro EP Embrulho Pra Levar em 2006. Tem dois álbuns lançados, Apanhador Só de 2010 e Antes Que Tu Conte Outra de 2013, além de um álbum ao vivo lançado em 2011 intitulado Acústico Sucateiro. A banda também se envereda por trilhas do experimentalismo e tem excelente presença de palco.

 

 

Chegamos as atrações da casa. A I.F.Á Afrobeat é sem duvida uma das sensações da música baiana dos últimos anos. O grupo faz um groove de primeiríssima linha diretamente ligado à sonoridade dos terreiros de candomblé. Em terras baianas o lançamento do primeiro álbum da banda é aguardado com grande entusiamo pelos amantes da black music. A Pirombeira faz seu som se inspirando nas tradições musicais baianas. São músicas instrumentais e canções que buscam no baião, no frevo, na chula e no ijexã os ingredientes pra sua sonoridade ancorada nas bases do jazz e do rock.

Encerrando o festival no dia 2 teremos a presença de Siba, Anelis Assumpção, Mulheres Que Só Dizem Sim e OQuadro. Siba lançou recentemente o álbum De Baile Solto com forte pegada percussiva de pernambuco, melodias desenvolvidas na métrica da poesia regional aliada a guitarras com solos e distorções articuladas realçando cada parte das músicas. A sonoridade do De Baile Solto consegue se afastar completamente dos trabalhos anteriores de Siba, em particular da banda Pai Ambrósio que o consagrou nacionalmente.

O sobrenome Assumpção dá toda a carga e peso não só da influência, mas da formação musical da cantora paulistana Anelis. O Assumpção é herança do pai, Itamar, um dos grande nomes da música brasileira. Anelis supera todas as expectativas que o DNA lhe impõem. Não podia faltar uma atração para representar o rap baiano, que nos últimos anos vem dominando a cena musical de Salvador e do estado. O grupo vem do sul da Bahia, da linda cidade de Ilhéus. Recentemente se apresentaram no Roskilde Festival na Dinamarca, que além da presença d’OQuadro contou com nomes como Kendrick Lamar, Run the Jewlels, Noel Gallagher, Pharrell Willians, entre outros.

São estas as atrações da I Edição do Festival Radioca. Enquanto aguardamos a chegada do dia primeiro de agosto vamos ouvindo e conhecendo melhor as atrações, pra isso fizemos essa lista e esse guia das atrações hora essa!

Sobre o Autor

Carlim

Jornalista musical instantâneo, saxofonista entre quatro paredes, híbrido de mineiro e baiano, ex-ateu, devoto ardoroso de São Victor do Horto e fanático religioso da Igreja Universal do Reino do Galo,

Notícias relacionadas

Comentar