Numb lança o excelente videoclipe de Dual #Deusepretx

Numb lança junto ao selo Maximus um clipe sensacional do seu novo single Dual #Deusepretx, discutindo várias questões fundamentais e atuais!

Numb - Dual #Deusepretx.avi_snapshot_03.08_[2017.11.23_11.32.08]

 

Por Paulo Brazil

 

O rapper baiano Numb escolheu um tema que hoje é bastante importante para se refundar dentro da cena do rap nacional. Participante há 10 anos da cena hip-hop BA, tendo participado de alguns grupos e já tendo também lançado alguns singles, poderíamos afirmar que essa é sua reestreia de gala. O mano chegou pesado junto ao selo Maximus, com um videoclipe fantástico do single: Dual #Deusepretx.

Numa época em que a intolerância religiosa ganha mais força no espaço público, por conta da popularização das redes sociais e da sensação de conforto e segurança que as mesmas criam. Lugar onde hoje grande parte da nossa sociedade se sente a vontade pra externar cada vez mais os seus “eus” mais obscuros. É dentro desse turbilhão de acontecimentos que o rapper baiano Numb retoma seu lugar na cena do nosso Rap e bota pra ferver o seu caldeirão de idéias, posicionando-se de maneira inteligente e provocativa no que tange o assunto.

Mas não só isso, o single Dual #Deusepretx traz também questões sociais e de gênero (temas mais que atuais e recorrentes) que ajudam na construção dessa obra prima. Em seu mais novo trampo, Numb remonta toda sua vivência, pesquisas, crenças e percepções, trazendo-nos sua leitura de um mundo caótico, porém, em constante transformação, que remete a nossa ancestralidade e também ao que é moderno, e tudo de forma muito homogênea e que a cada nova audição, nos empurra no rumo de novas percepções.

A poesia de Numb não é estática, muito pelo contrario, ela é viva, constante e traz todas as inquietudes desse poeta urbano que não cansa de evoluir. Aqui sua poesia encontra na produção de Victor Haggar uma parceria ideal, pulsando num beat que começa de modo etéreo para depois trilhar os graves pesados. Fazendo a cama sobre a qual o mc fará seus questionamentos, embasado na história, nas diversas mitologias e sobretudo se apoiando numa cosmovisão inclusiva e respeitosa às diferenças fruto de sua herança ancestral negra. 

Da maneira “europatizada” fomos catequizados para crê que a maçã simbolizava o pecado, e por isso somos levados a nos habituar e a sempre aceitar as interpretações hegemônicas como as reais. Porém, fomos expulsos do paraíso exatamente por termos tido acesso ao conhecimento, por honra e glória de Eva. E é essa ironia que o clipe muito bem produzido pelo próprio rapper e roteirizado por Nai Sena nos deixa escuro. Quando nos permitimos desconstruir o mito fundador bíblico e buscar sua verdadeira face, descobrimos que conhecimento é poder e não pecado. Partindo então do pressuposto que o conhecimento é poder, o sub texto que a música do mc Numb nos coloca é:

Poder Para o Povo Pretx!!!

Assinem o canal Maximus para essas e outras pedradas!

Notícias relacionadas

Comentar