En Tu Mira Baco Exu Do Blues Em Um Interlúdio Para ESÚ

En Tu Mira Baco Exu Do Blues abre os trabalhos para o lançamento do aguardado álbum de estreia ESÚ, um pequeno trecho com a tônica do disco?Baco Exu do Blues - En Tu Mira (Interlúdio ESÚ) - [Prod. Nansy Silvvz].mp4_snapshot_00.26_[2017.08.11_02.41.25]

A história é conhecida e o roteiro é previsível, já vimos milhares de vezes: músicos aparecem e num boom meteórico conquistam 15 minutos de fama e somem com a mesma rapidez com que surgiram. Baco Exu do Blues apareceu para o Brasil dentro da cena do rap num turbilhão que por si só já o diferenciava bastante dos artista de um hit só. Sulicídio foi e é o marco que mudou a percepção do público com relação às produções do rap brasileiro. 

Antes disso, Diogo Moncorvo já tinha uma tímida caminhada, mas não menos qualificada por falta de expressão midiática. Se junto com Diomedes Chinaski ele apareceu pro Brasil, com Mobb ele tinha cometido uma pequena obra prima que é o disco do grupo D.D.H. (Direto do Hospício). E antes de tudo isso era o Une.Versos, seu primeiro grupo. Logo podemos ou deveríamos entender que essa ascensão foi fruto de uma caminhada. Da mesma forma que de uma atitude que já vinha sendo cultivada.

O fato é que no imediato pós Sulicídio muito foi dito, muito foi especulado mas o moleque seguiu produzindo. A melhor resposta pros problemas é trabalho, sempre. Tocando em vários estados do país, lançando singles e aparecendo em participações, Baco seguiu construído sua obra, mas ainda falta-lhe uma obra maior, falta-lhe um disco. O público de hoje não ouve álbuns, isso parece ser a forma como grande parte das pessoas consome música. Porém, apenas artistas que possuem bons discos são elencados realmente a um patamar de real valorização artística. Os adolescentes seguem curtido singles por segundo, sem muita atenção, sem muita capacidade de contextualização.

E é nesse sentido que En Tu Mira (Interlúdio), nos anuncia com um videoclipe excelente o que podemos esperar de ESÚ, disco de estreia do artista. Dirigido por Rafael Souza e Iury Taillan que produziram um clima super claustrofóbico com imagens de uma mente sofrendo pela pressão, um artista em conflito consigo próprio pela expectativa nele depositada. Com roteiro e realização da Base 071 e produção da USINA Films esse audiovisual nos pareceu ser um excelente prelúdio do que podemos esperar de ESÚ.

Depois de tudo que Baco Exu do Blues passou e realizou, certamente é o momento de refletir sobre essa enxurrada de acontecimentos e transforma-los em música. Depressão, obrigações familiares, a expectativa do público, cenário do rap, são alguns dos temas abordados na curta e impactante faixa. Curioso notar que originariamente um interlúdio é um trecho instrumental colocado nos intervalos de uma composição longa. O que nos leva a pensar o motivo dessa ser a faixa escolhida como single, pois a rigor, um interlúdio é um anti single. Por outro lado, dada a sua carga confessional e os temas abordados, En Tu Mira parece-nos funcionar talvez muito mais como uma introdução.

Contando com exatos 1:50 de duração – outro dado anti single – a produção de En Tu Mira ficou por conta do beatmaker Nansy Silvvz que chegou pesadíssimo no beat. A track foi gravada, mixada e masterizada no estúdio Cremenow. Ficamos agora no aguardo para ver se a direção apontada En Tu Mira se confirma e quais as surpresas que ESÚ nos reserva.

Assista En Tu Mira e tire suas próprias conclusões:        

 

 

Sobre o Autor

Danilo

Bodyboarder de alma, pandeirista de ocasião. Pagodeiro nas horas loucas. Quer apenas poder dormir em paz nos ônibus e acredita que os fones de ouvido são fundamentais para a criação de uma nova religião capaz de acabar com o mal no mundo. Vive de Boas...

Notícias relacionadas

Comentar