DissertAções do Rap BA – Playlist Oganpazan

Enxurradas de raps pesados chegam na caixa do Oganpazan e nós resolvemos reunir essas DissertAções numa playlist bonita para vocês, pegaaaa!!

grafites-graffitti-pelo-mundo-20101130-64-original

As playlists Oganpazan visam produzir seleções que tragam nomes e sons pouco vistos nos principais meios de comunicação. A playlist DissertAções do RapBa, cumprirá uma função complementar que é poder falar de alguns nomes que nós não tivemos a oportunidade de dar a devida atenção quando dos seus lançamentos. Não deve ser novidade pra ninguém minimamente informado sobre o Rap feito na Bahia, que as produções por aqui não param. Diversidade e qualidade são os dois motivadores para abordarmos e criarmos essa playlist, além da inclusão de propostas diferentes. Unir à nova e a velha geração, propostas divergentes e até contrárias, mas que encontram na qualidade seu denominador comum.

Discos como o EP Vida Sintética do Deds, lançado no ano passado e que não conseguimos escrever uma resenha, apesar de ter escutado e ainda escutar com bastante atenção. Selecionamos aqui duas músicas que acreditamos serem bem representativas. 

O grupo Ministério Clanmor, que vem lançando excelentes singles, esta aqui presente em participação com Nois por Nois e Galf AC. Nois por Nois que já estar nos devendo um disco. Acrescentamos uma de suas músicas mais antigas, mas nem por isso menos impactante.

Os Maus Elementos Diego 157, Oddish e Márcio M.U. com singles potentes, em suas carreiras solos, também marcam presença, trazendo temáticas diversas. DogaLove que lançou o pesado N9VE aparece aqui com duas músicas muito representativas da qualidade do Trap feito em Salvador. Assim também, Duq Ra se junta a Biel Gomez, R4aulzito  e Makonnen Tafari os três últimos da Família Back To Back, para continuarem bagaçando no Trap.

Malaô com participações de peso como CTC 33, D.D.H. e Matiiilha chega pesadão e ácido nas criticas. O excelente single Era do Sintético de um dos melhores grupos em nossa cena. A rapaziada da Turma do Bairro chega pra suprir uma lacuna, impossível falar no rap soteropolitano sem falar desses manos. Assim como Marcos Morcegão e o trap pesado de Cidade de plástico.

N’Ativa comparecem com a fortíssima Saudade e com o seu último single Ovelhas e Lobos mostrando toda a força poética dos manos e das participações de 16 Beat e de Débora Evequer presentes em Saudades.

Dois bons grupos do interior do nosso estado abrilhantam a nossa playlist, mostrando que o rap de qualidade não é monopólio da capital. Do P1 Rappers de Juazeiro que nos foi apresentado pelo mestre Freeza (OQuadro), selecionamos três faixas, mas posso afirmar que o disco Ascensão precisa ser ouvido inteiro. Os manos do Doxa Rap de Feira de Santana são os outros representantes do rap feito no interior do nosso estado. Mundo louco é uma produção do Robert Beats (Sincronia Primordial) e traz um conjunto de três flows pesados e cheios de ideias muito fortes.

A novíssima geração esta aqui representada por Osahar, Lukas Vuto, Eddie Recitta, Chagas Mc, Segunda Via que já chegam numa pegada muito forte. E foi de uma das músicas do Eddie que retiramos a inspiração para o título desta playlist. A dissertAções quer se dizer como um escrita baseada nas ações, na necessidade de unir o discurso a prática, que é para nós o maior aprendizado que podemos conquistar. Que a luta pela igualdade, pela liberdade, pela dignidade humana não seja apenas elementos linguísticos (conceitos) para a construção de belos versos. Que sejamos capazes de transcender o gênero artístico como quer o real hip hop!

Bota o capacete e dê o play! Que isso é rap do Bom!

Essa capa louca e totalmente chapada da nossa playlist é arte do nosso colaborador: Obera’s

Sobre o Autor

Danilo

Bodyboarder de alma, pandeirista de ocasião. Pagodeiro nas horas loucas. Quer apenas poder dormir em paz nos ônibus e acredita que os fones de ouvido são fundamentais para a criação de uma nova religião capaz de acabar com o mal no mundo. Vive de Boas...

Notícias relacionadas

Comentar