A Chapa é Quente, single fruto da parceria Rael/ Emicida acaba de ser lançado.

A chapa esquenta pelas ruas do Brasil. Na net Emicida e Rael jogam seu novo single, cujo título é a metáfora perfeita sobre o dia de hoje.

Mil graus, esta é a temperatura da chapa pelas ruas e avenidas do Brasil, cada vez mais quentes pela luta que hoje travamos contra os usurpadores dos direitos dos trabalhadores brasileiros. Mesmo que não seja essa a intenção por trás da música, seu lançamento neste dia 28 de abril, bem como seu título acabam se tornando uma metáfora do que ocorre pelo país hoje. 

No Congresso Nacional, na madrugada da quinta feira 27, os deputados federais aprovaram a reforma trabalhista proposta pelo governo do presidente golpista Michel Temer, aumentando o fogo sob a chapa de todos os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. Hoje somos nós, os usurpados, que tentamos esquentar a chapa pro lado dos bandidos de costas super aquecidas. 

Faz alguns meses, talvez um ano, que Emicida e Rael fizeram o caminho de nossos colonizadores há pouco mais de 500 anos atrás. Chegaram à Portugal afim de confraternizar, verdadeiramente compartilhar e trocar informações. Firmaram parceria forte com dois nomes e peso do rap portugues, a rapper Capícua e o rapper Valente. 

Os quatro estão trabalhando juntos, preparando um álbum em conjunto que será batizado de Língua Franca, previsto para ser lançado ainda em 2017. Uma prévia foi dada em 31 de março quando lançaram no canal do projeto no youtube do single Ela, que fará parte do álbum.

Embora a letra relate situações de conflito geradas nas favelas brasileiras devido à disputa de território por facções rivais, em muitas partes pode ser associada aos conflitos entre manifestantes e policiais ao longo das mobilizações nacionais afim de combater os crimes praticados contra o povo brasileiro pelo governo golpista.  Leiam esses versos e digam se estou viajando:

“São tribos inimigas, exércitos e fronteiras/ São guerras, são brigas, quebradas são ruas/ E ruas virando trincheiras/ E se trombar, nós vai cobrar/ Quer olho por olho, dente por dente”

Hoje estamos trombando com uzomí que defendem os golpistas para cobrar no olho por olho dente por dente. E A Chapa é Quente o hino que representa esse momento.

Sobre o Autor

Carlim

Jornalista musical instantâneo, saxofonista entre quatro paredes, híbrido de mineiro e baiano, ex-ateu, devoto ardoroso de São Victor do Horto e fanático religioso da Igreja Universal do Reino do Galo,

Notícias relacionadas

Comentar